Início > Blog > Qual é a tabela de vacinação para gatos? Entenda o cronograma vacinal

Qual é a tabela de vacinação para gatos? Entenda o cronograma vacinal

Qual é a tabela de vacinação para gatos

Tutores de felinos devem estar cientes da importância de manter o calendário vacinal em dia. A proteção fortalece o sistema imunológico contra enfermidades potencialmente graves que colocam em risco a vida do gato.

Por causa dos riscos, é um ato de amor saber qual é a tabela de vacinação para gatos e cuidar para que seu felino receba todas as proteções essenciais.

Entre as principais dúvidas estão: quais são as principais vacinas, quando começa a vacinação e qual é a periodicidade delas. Tudo isso é resolvido quando o veterinário orienta o tutor quanto ao protocolo vacinal e monta uma tabelinha para ser consultada frequentemente.

Inicialmente, essa tabelinha é prescrita no cartão de vacinação entregue ao tutor já na primeira medicação. Daí, fica mais fácil checar quando serão as próximas doses, inclusive de vermifugação.

Você está no blog da Rede DOK. Nossos hospitais veterinários contam com os profissionais mais qualificados para tratar bem dos pequenos animais. A nossa missão é transformar amor em cuidado!

O que é a tabela de vacinação para gatos?

A tabela, como o próprio nome já diz, é um guia que indica quais vacinas o animal deve receber, bem como sua periodicidade. Geralmente, começa pela primeira aplicação, indicando qual imunizante deve ser administrado em cada período, bem como os meses para os reforços.

Inicialmente, as tabelas incluem as principais vacinas que o gato deve tomar, como as polivalentes ou múltiplas, bem como a antirrábica. Este documento mostra quais doses o animal recebe, quando e quais são os intervalos regulares para a revacinação.

Normalmente, no mesmo documento ou no cartão entregue pelo veterinário, há espaços indicativos para aplicação e reforço dos vermífugos. Em conjunto, estes medicamentos fornecem maior proteção à saúde do felino. Isso já justifica a importância de conhecer qual é a tabela de vacinação para gatos.

 

Quando devo começar a vacinar o meu gato?

O filhotinho com acesso ao colostro, ou seja, a amamentação materna, carrega anticorpos que o protege contra doenças. Porém, essa imunização passiva desaparece por volta das seis semanas, quando é iniciado o protocolo vacinal.

Em outras palavras, você deve começar a vacinar o seu felino quando ele estiver com 45 ou 60 dias de vida. O protocolo inicia pela V3, considerada uma medicação múltipla que protege contra rinotraqueíte, calicivirose e panleucopenia.

Caso queira fornecer uma proteção completa, o tutor pode optar por aplicar a V4 ou V5. Os imunizantes acrescentam, respectivamente, blindagem contra clamidiose e leucemia felina, a tão temida FELV. O profissional jamais deve aplicá-las juntas. Ao escolher uma delas, o protocolo deve pautar-se apenas nela.

Seja qual for a escolha, a vacina múltipla é aplicada em três doses, com intervalos de 21 a 30 dias, entre elas. Depois disso, há a necessidade do reforço anual, conforme indicado na tabela de vacinação.

Além disso, o calendário vacinal inclui as indicações para a anti rábica, obrigatória em todo o país. O reforço desta também é anual e de suma importância para a saúde, não só do animal, mas dos humanos e da comunidade em geral.

 

Veja qual é a tabela de vacinação para gatos

Inicialmente, o calendário anual de vacinas para os felinos é estruturado da seguinte forma:

  • Entre 45 e 60 dias de vida > Vacina múltipla (V3, V4 ou V5) > Protege contra rinotraqueíte, calicivirose, panleucopenia e FELV;
  • Entre 75 e 90 dias de vida > Segunda dose da vacina múltipla (V3, V4 ou V5);
  • Entre 105 e 120 dias de vida > Terceira dose da vacina múltipla (V3, V4 ou V5);
  • 120 dias de vida ou mais >  Vacina antirrábica > Protege contra raiva.

 

O acompanhamento do veterinário de confiança ajudará a estabelecer qual é a tabela de vacinação para gatos que você precisa seguir, com prazos para reforço anual.

Uma dica é que as vacinas sejam aplicadas no mesmo dia para facilitar o controle e organização do tutor. Porém, faça isso somente sob a orientação do veterinário, a fim de evitar quaisquer reações adversas no felino.

“Ah, mas eu já adotei um gato adulto e não sei seu histórico vacinal. O que fazer?”

De qualquer forma, você vai precisar levar o bichinho ao veterinário para check-up e demais orientações. Daí, receberá as devidas orientações sobre a elaboração do esquema vacinal dele.

 

Tem problema atrasar a vacina do meu gato?

Inicialmente, sim, pois há um período durante o qual os efeitos de imunização da vacina funcionam. Logo, passado este prazo, seu gato volta a ficar exposto às doenças infecciosas.

Logo, ao entender qual é a tabela de vacinação para gatos, saiba que segui-la vai preservar a saúde do animal e garantir a sua qualidade de vida. O mesmo vale para a vermifugação, ainda que o felino não tenha acesso à rua ou contato com outros bichos.

Vacina é um ato de amor

Embora muita gente ache desnecessário vacinar os gatos (ou qualquer animal de estimação), esse cuidado é fundamental para garantir a saúde do bichano. Afinal, o medicamento fortalece o sistema imunológico e, assim, o protege contra doenças potencialmente perigosas e, inclusive, fatais.

Porém, é preciso lembrar que, apesar de importantes, as vacinas não são a única garantia de saúde plena do animal. Portanto, é importante também manter o seu gato saudável por meio de uma alimentação adequada, exercícios regulares e visitas regulares ao veterinário para exames e cuidados de rotina.

Aproveite a qualidade dos hospitais veterinários da Rede DOK para preservar a saúde do seu companheiro. Nossas unidades contam com profissionais capacitados nas mais diversas especialidades. Agende uma consulta e traga seu gato. Você ama seu pet, nós amamos cuidar dele!

Veja as especialidades veterinárias atendidas!

Depois de aprender aqui qual é a tabela de vacinação para gatos, conheça as diferenças entre animais silvestres e domésticos.

Confira outras postagens

O que fazer quando o gato esta gripado

O que fazer quando o gato está gripado? Entenda as causas e cuidados

Seu gato está gripado e você não sabe o que fazer? Confira 7 cuidados importantes para uma melhora rápida do seu animal de estimação!

LER MATÉRIA
O que perguntar ao veterinário na primeira consulta

O que perguntar ao veterinário na primeira consulta? Veja nossas dicas!

Vai levar o seu pet para a primeira consulta veterinária? Confira 9 dicas e saiba o que perguntar ao veterinário na primeira visita!

LER MATÉRIA
O que fazer quando o gato está babando

O que fazer quando o gato está babando? Veja algumas dicas

Seu gato está babando e você não sabe o que fazer? Confira quais são os principais diagnósticos e tratamentos associados a essa patologia!

LER MATÉRIA