Início > Blog > Onde o gato deve dormir? Cuidados que todo tutor deve ter

Onde o gato deve dormir? Cuidados que todo tutor deve ter

Onde o gato deve dormir

Quando falamos sobre a presença de animais domésticos em nossos lares, existem dois principais grupos de tutores: aqueles que permitem que os bichinhos fiquem dentro de casa e aqueles que restringem o espaço de ocupação às áreas externas da residência. Em qual deles você se encaixa?

No geral, essa situação se aplica somente aos cachorros. Felinos, por outro lado, gozam de maior liberdade, frequentemente compartilhando os mesmos ambientes que seus tutores. É dentro de casa que eles se alimentam, fazem suas necessidades, se exercitam e dormem.

É nessa última atividade que vamos nos focar hoje. Embora seja praticamente consenso que eles devem ficar dentro de casa, ainda existe grande debate entre tutores sobre o local onde o gato deve dormir. Nesse texto, vamos responder às principais perguntas!

Seja bem-vindo ao blog da Rede DOK. Atendendo exclusivamente os pequenos animais, os nossos hospitais veterinários se destacam pela visão empreendedora, oferecendo a mais completa e moderna infraestrutura de atendimento clínico, cirúrgico e diagnóstico, liderada por uma equipe de formação técnica de excelência.

6 informações importantes sobre onde o gato deve dormir!

Esse artigo é para você: tutor de primeira viagem. Eles querem oferecer o máximo de conforto e segurança para o novo integrante da família. Porém, as dicas que vamos apresentar também podem ser seguidas por todos. Confira!

Veja também: Quanto tempo um gato pode ficar sozinho?

Gatos que dormem com os tutores

A maioria dos tutores gostam da companhia deles no quarto. Esse hábito, porém, vem aliado a uma das principais dúvidas sobre onde o gato deve dormir. Afinal de contas: o animal pode ou não ficar na mesma cama que os humanos?

A resposta é: pode. Mas é preciso ter alguns cuidados como: o bichano deve estar com a saúde em dia e o tutor também tem que estar atento para não apresentar nenhum tipo de alergia com a presença do animal.

Lembrando que a situação muda um pouco de figura quando falamos sobre crises alérgicas.Condições como a rinite alérgica podem apresentar empecilhos para essa situação. Nesses casos, recomenda-se que o gato de estimação tenha uma cama própria, separada do tutor. Embora essa seja uma perspectiva triste para as duas partes, é algo necessário.

O tempo de sono dos gatos

Quem tem um gato de estimação, com certeza, já reparou como ele dorme o tempo inteiro, certo? Com exceção dos momentos em que está se alimentando, fazendo as necessidades ou “elétricos”, o felino passa a maior parte do dia cochilando em diferentes lugares.

Estima-se que gatos adultos durmam entre 12 e 16 horas por dia, o que é um período bem longo. Levando em conta esse fato, é importante que tutores eduquem seus animais para que eles não fiquem acordados pela casa justamente no período em que os humanos estejam dormindo.

Caminha para gatos

Ainda em resposta a dúvida sobre onde o gato deve dormir, é preciso comprar uma cama específica para os bichanos? Se sim, o que precisa ser considerado na hora de adquirir o objeto?

A verdade é que os gatos não precisam de uma cama exclusiva para eles, desde que exista um lugar confortável, quente e seguro para o seu sono, como um sofá. Isso, é claro, considerando as situações em que tutores não tenham algum tipo de condição alérgica.

Caso opte por uma caminha específica para o gato, os tutores devem considerar objetos feitos com materiais adequados, que não sejam tóxicos ou causem alergias. Também é importante levar em conta o tamanho da caminha, as possibilidades de entrada e saída e o conforto.

Se houver dúvidas, uma consulta ao veterinário de confiança pode te ajudar a escolher o melhor produto.

Ambiente tranquilo

Se o tutor optar pela caminha de gato, uma nova pergunta surge: qual o local ideal para colocá-la? Assim como outras questões debatidas no decorrer desse texto, a resposta depende de alguns fatores. O cômodo ideal será aquele que for tranquilo, silencioso e seguro.

O quarto e a sala de estar são ótimas opções. O importante não é o cômodo em si, mas as condições dele. Desde que o animal tenha acesso às suas necessidades básicas e possa ter uma noite de sono confortável, está valendo!

O local ideal para os gatos dormirem

Se você chegou até aqui, já deve ter reparado que não existe um local “ideal” para os gatos dormirem. A escolha dependerá de vários fatores, desde que seja levando em conta o bem-estar dos felinos. A partir disso, considera-se fatores como a personalidade do bicho e a rotina do tutor.

Caso exista mais de um gato na casa, isso também merece atenção especial. Se os dois animais tiverem uma boa relação, uma cama grande pode ser uma boa opção. Para os mais independentes, a melhor escolha são caminhas individuais e afastadas uma da outra.

Outras considerações sobre o local de sono dos gatos

Além de tudo o que foi falado até aqui sobre onde o gato deve dormir, existem outros fatores que os tutores devem considerar ao escolher o local de sono do felino. O primeiro deles é a idade. Os filhotes não devem ter caminhas colocadas em lugares altos e de difícil acesso, pois podem sofrer acidentes.

A higiene da caminha do gato também é uma preocupação. Apesar de os bichanos serem animais capazes de se limpar sozinhos, sem a necessidade de banhos, o mesmo não pode ser dito dos objetos que eles usam, o que requer um cuidado especial por parte dos tutores.

Acima de tudo, considerar onde o gato deve dormir implica na preocupação com o seu bem-estar. Independentemente do local escolhido, os tutores devem estar atentos para a segurança e a tranquilidade, a fim de que o bichano tenha um sono despreocupado e revigorante!

Este é um conteúdo informativo produzido pela redação do DOK. Ele foi útil para você? Se a resposta for positiva, compartilhe-o com os amigos. Se tiver dúvidas, deixe seu comentário.

Você ama seu pet, nós amamos cuidar dele. A missão do DOK é transformar amor em cuidado. Por isso, conte sempre com os melhores veterinários para preservar a saúde do seu gato!

Confira outras postagens

Você já cuidou dos olhos do seu pet hoje? Conheça a importância da Oftalmologia

A saúde ocular dos animais de estimação é frequentemente negligenciada, pois muitos deles, mesmo cegos de um olho, não demonstram sinais visíveis e se adaptam bem ao ambiente. Por isso, é comum que tutores não percebam a cegueira parcial ou outros problemas oculares em seus pets. Importância da consulta Oftalmológica Consultas oftalmológicas regulares são essenciais […]

LER MATÉRIA

Dilofilariose Canina: Conheça os sintomas, tratamentos e prevenção!

A Dilofilariose Canina é um verme que se aloja no coração dos cães parasitados. Os parasitas formam grumos, levando ao aumento da câmara cardíaca do animal, resultando em um problema cardíaco. Como acontece a infecção? Assim como a maioria dos filarídeos, os membros desse gênero necessitam de hospedeiro intermediário artrópode (mosquitos) para a realização do […]

LER MATÉRIA

Hemodiálise para pets? Vem saber mais!

A medicina veterinária tem registrado avanços nos últimos anos, e os tratamentos inovadores para diversas condições têm proporcionado cada vez mais qualidade de vida aos pacientes pets. Um desses progressos é a hemodiálise. Mas o que é Hemodiálise? Os rins funcionam como um filtro natural do corpo, eliminando substâncias indesejadas e regulando os níveis de […]

LER MATÉRIA