Início > Blog > Principais doenças dermatológicas em cães. Elas são recorrentes? Entenda!

Principais doenças dermatológicas em cães. Elas são recorrentes? Entenda!

Principais doenças dermatológicas em cães

Uma coceirinha aqui, uma feridinha ali… Mães e pais de pets bem sabem o quanto é comum aparecer problemas de pele em animais. E, sobretudo, desconfortável.

Como este é um problema muito frequente, saber quais são as principais doenças dermatológicas em cães pode ajudar os tutores a lidar no dia a dia e até a adotar medidas de prevenção.

Inicialmente, diversos fatores podem levar ao surgimento das doenças de pele em cachorros. Por exemplo, infecções bacterianas, fungos, alergias, parasitas, distúrbios hormonais e até estresse. Embora comuns, qualquer situação dessas pode provocar irritação e bastante desconforto aos pets. Logo,são sinais de alerta para identificar e tratar o quanto antes.

A seguir, listamos as doenças caninas mais comuns quando falamos sobre pele, bem como seus principais sintomas. Porém, alertamos que nada substitui uma consulta com profissional especializado para confirmação e tratamento adequado.

Se você suspeita que o seu cachorro tem um problema de pele, agende uma consulta veterinária para ele!

7 principais doenças dermatológicas em cães

Podemos citar várias enfermidades que afetam a pele dos cachorros, mas precisamos pensar quais possuem maior recorrência para que você, como tutor, fique atento aos primeiros sinais e saiba buscar ajuda especializada. Vamos lá?

1 – Dermatite alérgica

Sendo uma das principais doenças dermatológicas em cães, ela consiste em uma reação inflamatória da pele causada por alergias. A princípio, os sintomas mais comuns são coceira intensa, vermelhidão, descamação e feridas.

O que provoca a dermatite alérgica?

As alergias, como são mais comumente chamadas, podem surgir devido a reações a alimentos, picadas de pulgas e carrapatos, produtos de limpeza e pólen.

A propósito, identificar sua causa é fundamental para o tratamento, tanto no que toca a eficácia quanto a impedir que novas reações surjam. Sendo assim, é importante evitar o contato do animal com o agente causador.

Além disso, ao perceber que o seu cão tem sinais de uma dermatite alérgica, leve-o ao veterinário para que o profissional prescreva medicamentos anti-inflamatórios e antialérgicos para aliviar os sintomas e neutralizar o problema.

2 – Sarna

Outra das principais doenças dermatológicas em cães, é causada por ácaros que se alimentam da pele do animal. Entre seus principais sintomas, destacamos:

 

  • Coceira intensa;
  • Queda de pelos;
  • Crostas;
  • Feridas.

 

Vale destacar que há diferentes tipos de sarna, por exemplo, sarcóptica, demodécica e otodécica. Para cada uma, o veterinário prescreve um tratamento específico, por isso, é fundamental ter sua avaliação.

Deste modo, o tutor será orientado a proceder com a administração de medicamentos orais e tópicos para aliviar a coceira e eliminar o agente causador.

 

3 – Infecções bacterianas e fúngicas

Entre suas principais causas estão infecções causadas por fungos, a exemplo da Malassezia, bem como bactérias, entre elas, Staphylococcus e Streptococcus.

Os principais sintomas de infecções bacterianas e fúngicas são a coceira, vermelhidão, inflamação, crostas e feridas, o que as coloca na lista das principais doenças dermatológicas em cães.

O tratamento, por sua vez, pode incluir medicamentos tópicos ou orais, conforme o tipo de infecção e, também, a gravidade dos sintomas. Não faça automedicação. Busque sempre apoio veterinário para iniciar os cuidados.

4 – Queda de pelos

Além das doenças de pele listadas acima, a queda de pelos também é bastante comum nos cachorros. Porém, como podem advir de diferentes causas, é fundamental haver a avaliação veterinária para proceder com o diagnóstico e tratamento corretos.

Só para ilustrar, a queda pode vir da sarna, infecções e alergias. Ao mesmo tempo, pode ser um sintoma comum de distúrbios hormonais, como a doença de Cushing, e o hipotireoidismo.

Sendo assim, o tratamento depende, primeiro, da identificação da causa do problema e, em seguida, da prescrição dos medicamentos adequados.

 

5 – Otite

Inicialmente, muita gente pensa que a otite é uma enfermidade que afeta apenas o ouvido e o canal interno. Porém, esta é uma das principais doenças dermatológicas em cães e trata-se, na verdade, de uma inflamação provocada por bactérias ou fungos.

Os sintomas mais comuns incluem vermelhidão, inchaço, secreção no ouvido e, principalmente, uma coceira intensa. O animal, ainda, pode balançar a cabecinha com frequência, bem como dar sinais de dor quando tocado na região.

A confirmação mediante diagnóstico depende da avaliação veterinária. O tratamento, por sua vez, consiste na prescrição de medicamentos, tanto tópicos quanto orais, para aliviar os sintomas ao eliminar o agente causador.

6 – Seborreia

A seborréia também é uma das principais doenças dermatológicas em cães e, normalmente, é um problema causado pela inflamação no couro cabeludo. Assim como acontece com os humanos, normalmente o problema é provocado pela produção excessiva de sebo.

Inicialmente, ela se manifesta nas patas, cabeça e peitoral. Felizmente, a doença não provoca lesões ou problemas mais graves ao animal, o que não significa que não precise ser tratada.

7 – Micose

Essa é uma das doenças que surgem quando o cachorro apresenta a imunidade mais baixa. Isso o torna mais passível de se contaminar pelo fungo Microsporum.

Os principais sintomas incluem lesões avermelhadas pelo corpo, coceiras e até falhas no pelo. É importante ter atenção porque as feridas podem crescer com o tempo. Logo, precisam ser tratadas rapidamente.

Como se vê, são várias as principais doenças dermatológicas em cães, bem como os seus tratamentos. O ideal é que, tão logo perceba qualquer alteração na pelagem do animal, o tutor o leve para avaliação cuidadosa no veterinário. Assim, é prescrito o tratamento adequado.

Gostou do conteúdo? Aqui no blog da Rede DOK, sempre apresentamos informações valiosas para melhorar a qualidade de vida do seu animal de estimação. Aproveite e conheça os nossos hospitais veterinários!

Confira outras postagens

O que fazer quando o gato esta gripado

O que fazer quando o gato está gripado? Entenda as causas e cuidados

Seu gato está gripado e você não sabe o que fazer? Confira 7 cuidados importantes para uma melhora rápida do seu animal de estimação!

LER MATÉRIA
O que perguntar ao veterinário na primeira consulta

O que perguntar ao veterinário na primeira consulta? Veja nossas dicas!

Vai levar o seu pet para a primeira consulta veterinária? Confira 9 dicas e saiba o que perguntar ao veterinário na primeira visita!

LER MATÉRIA
O que fazer quando o gato está babando

O que fazer quando o gato está babando? Veja algumas dicas

Seu gato está babando e você não sabe o que fazer? Confira quais são os principais diagnósticos e tratamentos associados a essa patologia!

LER MATÉRIA