Início > Blog > O que é apatia em cachorro e como identificá-la? Algo não está bem!

O que é apatia em cachorro e como identificá-la? Algo não está bem!

O que é apatia em cachorro

Os cães, sem dúvidas, são conhecidos pela energia e animação. Porém, não é incomum que, ocasionalmente, você perceba que estejam mais desanimados. Quando isso acontece, é sinal de alerta, principalmente quando o animal normalmente é mais agitado.

Sendo assim, é muito importante saber o que é apatia em cachorro para poder identificá-la o quanto antes.

Existem diversos motivos para que o cão fique apático, como veremos adiante. Dor, desidratação, febre ou até mesmo tristeza. O sinal de alerta é ainda maior quando, além da apatia, o animal diminui o apetite.

Por isso, veja, a seguir, o que é ela significa, quais as principais causas e como proceder quando há uma mudança de comportamento brusca no seu melhor amigo.

Você está no blog da Rede DOK. Em nossos hospitais veterinários, temos uma série de profissionais capacitados para atender seu cachorro.

 

Entenda o que é apatia em cachorro

De modo geral, podemos dizer que este é um estado de desânimo, desinteresse e falta de energia do animal. Tecnicamente, é falta de reação, emoção ou motivação para estímulos.

Porém, há um termo até filosófico que descreve a situação: aquilo que afeta o corpo e a alma, como o nome “apatia” significa em grego.

Diferente dos gatos, que são normalmente mais quietinhos, trata-se de um sinal claro de que algo não está bem, principalmente pelo comportamento ativo dos cães. A princípio, a apatia se manifesta, por exemplo, por não querer brincar como sempre faz ou interagir com os tutores e, até mesmo, se alimentar direito.

Ou seja, o animal quer ficar na dele, sem nem reagir quando é chamado. Em alguns casos, o problema vem acompanhado de outros sintomas como tremores, febre, vômito e diarreia.

Ao explicar o que é apatia em cachorro, é importante ressaltar que que ela não é, em si, uma doença, mas provavelmente um sintoma. Logo, é indispensável levá-lo ao veterinário para uma avaliação investigativa para identificar a raiz dessa mudança comportamental.

Por que um cão fica apático?

Vários fatores podem levar à apatia em cachorros. Por exemplo, doenças, lesões, estresse, dor, mudanças na rotina, solidão, tédio, desidratação, intoxicação ou envelhecimento.

Além disso, algumas patologias específicas também os deixam mais apáticos. São os casos das infecções virais ou bacterianas, doenças autoimunes, endócrinas e câncer, além de problemas cardíacos, renais e hepáticos.

Por outro lado, também há razões emocionais e por isso é importante saber o que é apatia em cachorro e ficar mais atento.

Quando o tutor se muda ou viaja, há mudança de casa e até a morte de um companheirinho, por exemplo, pode ocasionar essa reação. Em outras palavras, o cãozinho está triste ou com saudades.

 

Doenças que provocam apatia em cães

Depois de entender o que é apatia em cachorro, você precisa saber quais doenças podem estar relacionadas a isso.

Inicialmente, quando alguma anormalidade provoca o sintoma, se dá pela reação a algum processo inflamatório, dor ou desconforto. Entre as enfermidades que, comumente, levam a esse tipo de comportamento, podemos listar:

 

  • Artrite ou artrose, devido à dor;
  • Pneumonia, relacionada à febre;
  • Verminoses;
  • Cinomose (estágio inicial);
  • Parvovirose (apatia e falta de apetite);
  • Doença do carrapato (apatia e anemia);
  • Coronavirose.

 

Porém, há outras doenças que levam a este comportamento e cada uma tem tratamento específico. Por isso, é fundamental ter conhecimento sobre o que é apatia em cachorro e buscar orientação veterinária caso o pet tenha qualquer mudança em seu humor.

No consultório, serão prescritos exames físicos e laboratoriais, além da avaliação clínica inicial.

Devo me preocupar se meu cão está apático?

Inicialmente, sim, principalmente se o cachorro é normalmente mais ativo. A busca pelo veterinário se torna ainda mais urgente caso a apatia for acompanhada por outros sintomas como diarreia, perda de peso, entre outros. Sendo assim, há alguma condição subjacente que precisa ser tratada.

Por outro lado, além de ler o que é apatia em cachorro, você poderá identificar, também, que este pode ser um sinal de saudade ou tristeza, o que não deixa de ser sério.

Nestas situações, o ideal é promover a qualidade de vida do animal com algumas medidas, a saber:

 

  • Entreter ao longo do dia para distrair;
  • Deixar objetos de interação e brinquedos sempre à vista;
  • Brincar com o cachorro;
  • Oferecer outros alimentos (saudáveis, claro) para estimulá-lo a se alimentar;
  • Levar o cãozinho para passear.

 

Porém, somente após um diagnóstico minucioso é possível concluir que o problema é sinal de saudade, hein? Mas, além de ver aqui o que é apatia em cachorro, dá para evitar?

Como este é um sintoma de alguma enfermidade física ou emocional, inicialmente, o ideal é sempre manter a qualidade de vida do animal. Ou seja, promover alimentação saudável, hidratação, higiene do ambiente e estimulá-lo a praticar exercícios. Brincar com ele em casa ou no parque e levá-lo para passear, por exemplo.

Além disso, é indispensável que o tutor promova visitas regulares ao veterinário. Isso inclui cronograma vacinal em dia, vermifugação e exames de rotina.

Em suma, a apatia em cachorros é qualquer mudança de comportamento sinalizada pela falta de energia, interesse em socializar e se alimentar.

Diante de qualquer manifestação do tipo, é fundamental buscar ajuda veterinária, principalmente se vier acompanhada de outros sintomas. Assim, caso haja alguma condição subjacente, fica mais fácil tratar.

E então, agora que sabe o que é apatia em cachorro, precisa de ajuda com o tema? Se tiver dúvida, não hesite em nos procurar para podermos cuidar do seu animalzinho.

Agende uma consulta com um médico veterinário, mesmo que o pet não esteja doente. O profissional irá instruí-lo sobre a forma adequada de promover o bem-estar do animal em diversas situações!

Confira outras postagens

Você já cuidou dos olhos do seu pet hoje? Conheça a importância da Oftalmologia

A saúde ocular dos animais de estimação é frequentemente negligenciada, pois muitos deles, mesmo cegos de um olho, não demonstram sinais visíveis e se adaptam bem ao ambiente. Por isso, é comum que tutores não percebam a cegueira parcial ou outros problemas oculares em seus pets. Importância da consulta Oftalmológica Consultas oftalmológicas regulares são essenciais […]

LER MATÉRIA

Dilofilariose Canina: Conheça os sintomas, tratamentos e prevenção!

A Dilofilariose Canina é um verme que se aloja no coração dos cães parasitados. Os parasitas formam grumos, levando ao aumento da câmara cardíaca do animal, resultando em um problema cardíaco. Como acontece a infecção? Assim como a maioria dos filarídeos, os membros desse gênero necessitam de hospedeiro intermediário artrópode (mosquitos) para a realização do […]

LER MATÉRIA

Hemodiálise para pets? Vem saber mais!

A medicina veterinária tem registrado avanços nos últimos anos, e os tratamentos inovadores para diversas condições têm proporcionado cada vez mais qualidade de vida aos pacientes pets. Um desses progressos é a hemodiálise. Mas o que é Hemodiálise? Os rins funcionam como um filtro natural do corpo, eliminando substâncias indesejadas e regulando os níveis de […]

LER MATÉRIA